Header Ads

ad

Indígenas realizam protesto em frente sede da Funai em São Luís-MA

Índios das etnias Tremembé, Guajajara, Krikati, Gavião e Canela realizam mobilização nesta quinta (31) com o intuito de denunciar a crescente ameaça em seus territórios no Maranhão.
Por G1 MA — São Luís
Tribos indígenas realizam manifestação em Santa Inês
Os índios das etnias Tremembé, Guajajara, Krikati, Gavião e Canela estão realizando nesta quinta-feira (31) na sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em São Luís, uma mobilização com o intuito de denunciar a crescente ameaça em seus territórios no Maranhão. A mobilização também está sendo realizada na Praça da Rodoviária, situada no município de Santa Inês, a 250 km da capital.

A manifestação, que ocorre nesta quinta no Maranhão, também está acontecendo simultaneamente em outros estados do Brasil e também no exterior, e faz parte da campanha “Sangue indígena, nenhuma gota a mais!”, que visa mobilizar e conscientizar a sociedade em defesa dos direitos indígenas.

Os índios estão reunidos em frente a Fundação Nacional do Índio (Funai), que funciona no mesmo prédio do Incra, e no local eles estão já realizaram algumas uma série de atividades como dançar e gritar palavras de ordem a fim de dar continuidade a manifestação.

Os indígenas reivindicam a proteção dos direitos indígenas previstos na Constituição Brasileira, a demarcação das terras indígenas, a garantia dos direitos humanos e combate à violência contra indígena, o reconhecimento dos povos originários e de sua cultura ancestral. Os índios ainda lutam contra a transferência da Funai para o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, contra a transferência da demarcação de terras indígenas para o Ministério da Agricultura, contra a flexibilização e transferência do licenciamento ambiental para o mapa e pelo respeito aos tratados internacionais em especial o Acordo de Paris e o direito de consulta e consentimento.

A mobilização é organizada pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e apoiada pela Mobilização Nacional Indígena (MNI). A polícia e a organização da manifestação não informou o número de participantes.

MP aciona Prefeitura de São Luís para elaboração de plano de recuperação em área degradada

Além da elaboração do plano, a Prefeitura de São Luís deve tomar providências para a reabilitação do local e retirada dos resíduos poluentes.

Nenhum comentário