Header Ads

ad

Flamengo vence a Portuguesa em último jogo antes de estreia na Libertadores

Portuguesa e Flamengo se enfrentaram na noite desta quinta-feira (28), no Estádio Raulino de Oliveira, pela segunda rodada da Taça Rio. Com dois gols de Gabriel e um de Bruno Henrique, o Rubro-Negro venceu por 3 a 1. PK descontou para a Lusa.
A vitória deixa o Flamengo na primeira colocação do Grupo B, com seis pontos somados. Agora o Rubro-Negro vira a chave e mira a Copa Libertadores da América. Pela competição continental, a equipe estreia na terça-feira (5), contra o San José (BOL), no Estádio Jesús Bermúdez, às 19h15, no horário de Brasília. Já a Portuguesa, lanterna do Grupo A com nenhum ponto somado, aguarda a terceira rodada da Taça Rio. A equipe insulana enfrenta o Boavista, no sábado (9), ainda em local não definido. O Placar FutRio acompanha ambas as partidas em tempo real.
Sem enrolar, o Flamengo tomou as primeiras iniciativas ofensivas da partida. Aos três minutos, Arrascaeta lançou Bruno Henrique, que tocou para Diego, mas a bola acabou retornando para o atacante que soltou a bomba, obrigando o goleiro Ruan a colocar para escanteio. Na sequência, em cruzamento para a área, o próprio Bruno Henrique mandou para o fundo das redes e abriu o placar. Mas não parou por aí. Aos cinco minutos, após erro na saída da Portuguesa, Bruno Henrique recuperou a bola e lançou Gabriel. O camisa 9 saiu de frente para o goleiro e não perdoou, ampliando o placar.
A vantagem criada logo nos primeiros minutos deu ao Flamengo uma margem de erro, porém o time diminuiu o ritmo de jogo. Aos 25 minutos, Diego tocou para Bruno Henrique finalizar com ímpeto, mas Ruan defendeu. O duelo entre os dois jogadores ficou interessante. Aos 36, Bruno Henrique tabelou com Renê e chutou de forma colocada, mas o arqueiro da Lusa realizou mais uma defesa.
No segundo tempo, o Flamengo ampliou o marcador. Aos 23 minutos, Renê lançou Gabriel de forma primorosa na grande área e o atacante dominou e mandou direto para o fundo do gol sem chance de defesa. O Rubro-Negro obteve mais uma oportunidade aos 30 minutos. Pará recebeu em profundidade e tocou para Gabriel, que finalizou na trave.
Nos minutos finais, a Portuguesa ensaiou uma pressão. Aos 34, Arrascaeta falhou na saída de bola e Douglas Eskilo acionou PK pelo lado esquerdo da grande área e o meia não desperdiçou, batendo na saída de Diego Alves. Aos 41, em cobrança de falta, Emerson chutou forte e obrigou o goleiro rubro-negro a realizar mais uma defesa. Mas o Flamengo não obteve mais problemas e administrou o resultado até o apito final.

Nenhum comentário