Header Ads

ad

Preso integrante de quadrilha que assaltou agência do BB após sequestrar parentes de tesoureiro em Pedreiras

Policiais do 2º Distrito Policial da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras prenderam, nesta segunda-feira (8), por volta das 16h, Josimar Moura Sousa, em cumprimento a mandado de prisão temporária. 

Residente na cidade de Lima Campos, Josimar é acusado de crime de extorsão mediante sequestro efetivado na cidade de Pedreiras.

No dia 22 de agosto de 2018, segundo informações da polícia, Josimar participou do sequestro de parentes do tesoureiro do Banco do Brasil da cidade de Pedreiras. As vítimas foram levadas para um cativeiro e mantidas reféns, sendo liberadas horas depois do crime.

Essa modalidade de assalto a banco é conhecida como "sapatinho", com sequestro de um funcionário de bancos e familiares. Parte da quadrilha fica com os reféns, enquanto outra se dirige ao banco com o funcionário, geralmente o gerente ou tesoureiro. Após o roubo do dinheiro, o funcionário e parentes são liberados.

Desde a ocorrência do crime, a Polícia Civil trabalhou na colheita de elementos informativos para subsidiar o inquérito policial e oferecer representação pela prisão temporária do conduzido. 

O inquérito policial será concluído no prazo legal. Participaram da operação os delegados Périkles Lima, que coordenou a operação, e Diego Maciel Ferreira, com o apoio dos investigadores Arielton de Oliveira Visgueira, Herbethy de Tácio Rodrigues, Maykon de Azevedo Almeida e Marcílio Thyago Coelho.

Nenhum comentário