Header Ads

ad

Fla perde gols, empata com Peñarol e garante vaga na Libertadores

Foi no sufoco, mas a classificação veio. Com um a menos após a expulsão de Pará, o Flamengo segurou o empate por 0 a 0 com o Peñarol e chegou às oitavas de final da Libertadores como líder do grupo D, com 10 pontos. 

O Rubro-Negro fazia boa partida até ver seu lateral-direito sofrer o segundo cartão amarelo aos 18 minutos do segundo tempo. A equipe de Abel Braga dominou as ações na primeira etapa, com boa atuação de Arão e Arrascaeta no meio de campo. Gabigol, entretanto, perdeu diversas chances de abrir o placar. Com um a mais, entretanto, o Peñarol passou a pressionar o Flamengo em seu campo de defesa, mas faltou qualidade para marcar um gol. 

Assim, os uruguaios, que dependiam só de uma vitória no confronto direto, acabaram lamentando a eliminação. No fim, aos 48, o Rubro-Negro ainda teve uma chance claríssima de matar o jogo e sacramentar a classificação, mas Vitinho, sozinho, chutou a bola em cima do goleiro Dawson. Como era de se esperar em caso de eliminação dos uruguaios, o jogo terminou em briga. 

O lateral Trindade se estranhou com Vitinho, uma confusão se iniciou, a torcida uruguaia começou a atirar objetos em campo e o árbitro Roberto Tobar encerrou a partida. - A gente se cobrou muito no vestiário. Nós fizemos um grande primeiro, tempo onde a gente criou bem, nos defendemos bem, mas temos que matar jogo pra não sofrer tanto. No segundo tempo ficou tudo mais difícil com um a menos, mas eles não criaram. Tivemos chances de matar jogo, mas erramos de novo. 
Sabemos que jogos difíceis são decididos nos detalhes, mas de qualquer jeito a gente está de parabéns pela classificação - disse Éverton Ribeiro. No outro jogo da chave, a LDU goleou o San José por 4 a 0 e se classificou no segundo lugar, com a mesma pontuação do Fla, mas em desvantagem no saldo de gols (6 a 3 para os rubro-negros).

Nenhum comentário