Header Ads

ad

Neymar é cortado da seleção brasileira após lesão no tornozelo

Noite de pesadelo de Neymar termina em choro, nova lesão e corte.

Atacante acusado de estupro, em escândalo que afetou até o repórter Mauro Naves, sofreu uma entorse no tornozelo e acabou cortado da Copa América
Por Luiz Felipe Castro 
Neymar completou uma semana de pesadelo da forma mais dolorosa possível: com uma nova lesão e corte da Copa América, torneio que poderia lhe representar uma redenção depois de uma sequência  negativa na carreira. Horas depois de a mulher que o acusa de estupro conceder entrevista ao SBT para amplificar suas denúncias, em escândalo que derrubou até o veterano repórter da Globo Mauro Naves, o atacante da seleção brasileira sofreu nova lesão no pé direito e teve de deixar o amistoso da seleção brasileira, que venceu o Catar por 2 a 0, no Mané Garrincha em Brasília, ainda no primeiro tempo – no momemto em que se espalhavam imagens da polêmica noite em um hotel de Paris, em meados de maio.

Neymar, que vinha recebendo carinho irrestrito da torcida desde sua chegada à capital, e até do presidente Jair Bolsonaro (que foi ao jogo e, já na madrugada teve seu aguardado encontro com o craque em uma visita surpresa no hospital), se lesionou aos 17 minutos de jogo. Ele vinha dominando a bola pelo lado esquerdo quando Assim Madibo, volante da seleção do Catar, conseguiu o desarme na bola, mas no final do movimento atingiu a perna direita do brasileiro.

O pé de Neymar entrou em contato com o solo e o camisa 10 torceu o tornozelo. Ele tentou continuar em campo por mais alguns minutos, mas desistiu logo após o gol de Richarlison. Chorando, foi atendido no banco de reservas pelo médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, e três minutos depois saiu mancando, com uma bolsa de gelo no tornozelo.

Mesmo com a bola rolando, dezenas de jornalistas desceram correndo as tribunas e se acotovelaram em torno do vestiário, em busca de novidades. “Estou me sentindo em uma série do Netflix”, ironizou um repórter, ja exausto da novela em torno do craque desde a semana passada.

Minutos depois, a CBF informou que Neymar sofreu uma entorse no pé direito. O jogador deixou o Mané Garrincha no início do segundo tempo, de muletas, acompanhado de seu pai e do médico Felipe Kalil, rumo a um hospital para passar por novos exames. A CBF foi cautelosa ao falar sobre possibilidade de corte para a Copa América – o que ocorreria já no meio da madrugada.

“É um jogador muito diferente, não vou abrir mão”, avisou o técnico Tite, que manteve as esperanças de que a lesão não fosse grave até o último instante.

O drama para Neymar começou na madrugada do último domingo. O jogador foi acusado de estupro pela modelo Najila Trindade Mendes de Souza. Em um vídeo de aproximadamente 7 minutos publicado em sua conta pessoal do Instagram, o jogador deu sua versão do caso e publicou trechos do que seria a conversa que teve com a garota. O diálogo, via WhatsApp, mostra fotos sensuais da mulher (fato pelo qual Neymar terá de responder na próxima sexta, 7, no Rio) e detalhes sobre o encontro na capital francesa, com os gastos de passagem e hospedagem arcados pelo atleta.

Nesta quarta-feira, 5, Najila falou pela primeira vez. Em etrevista ao SBT, ela afirmou que o desentendimento entre eles começou quando ela perguntou se ele havia levado preservativo. “Eu não tenho. E ele respondeu que não. Então eu disse que não ia acontecer nada além disso… e continuamos… Então ele me virou e praticou o ato.” Minutos depois, espalhou -se pelas redes um vídeo do segundo encontro, no qual Najila aparece agredindo Neymar e dizendo que havia apanhado na noite anterior. Com versões desencontradas, sem fatos concretos absolvam nem culpem nenhuma das partes, além de uma nova lesão e corte, como já ocorrerá na Copa de 2014, o pesadelo do craque parece ainda estar bem longe do fim.

Nenhum comentário