Header Ads

ad

Jaracaty: negado habeas corpus para motorista Victor Yan Barros

O ministro Nefi Cordeiro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, nesta terça-feira, um pedido de habeas corpus feito pela defesa de Victor Yan Barros de Araújo, de 25 anos.

Victor Barros era o condutor do veículo que ocasionou um gravíssimo acidente, no bairro Jaracaty em São Luís, entre os dias 7 e 8 de setembro. O acidente deixou cinco pessoas mortas, dois que estavam no veículo e outras três pessoas que estavam no bairro participando de uma comemoração.

O ministro do STJ entendeu que Victor Barros deve seguir preso, pois apresentava sinais de embriaguez e teria se negado a realizar os testes do bafômetro e alcoolemia no momento do acidente.

Victor Barros, apesar de seguir internado, já teve a prisão decretada pela Justiça do Maranhão e também já virou réu no processo em que o Ministério Público o acusa pelo acidente.

Nenhum comentário