A quarta-feira de cinzas (26) foi bastante agitada e angustiante para a Viradouro, mas terminou com um final feliz após uma grande virada na reta final das apurações do Carnaval deste ano.
A Grande Rio liderou as disputas do primeiro ao oitavo quesitos de notas, mas viu a Viradouro tomar a liderança em ‘Evolução’, de onde não saiu mais para chegar ao segundo título do Carnaval carioca.

A escola trouxe em 2020 o enredo “Viradouro de alma lavada”, dos carnavalescos Marcus Ferreira e Tarcisio Zanon, estreantes na Viradouro.  O tema homenageou as Ganhadeiras de Itapuã, grupo musical que surgiu dos cantos, danças e crenças das lavadeiras do litoral da Bahia.

O Carnaval do Rio de Janeiro deste ano contou uma alteração no julgamento das notas. Ao todo, cinco jurados em cada um dos 10 quesitos avaliavam as escolas, mas a melhor e pior nota de cada agremiação era descartada, servindo apenas como critério de desempate caso necessário.

Completam o desfiles da campeãs, que será realizado no próximo sábado (29), as seguintes escolas: Grande Rio (2º), Mocidade (3º), Beija-Flor (4º),  Salgueiro (5º) e Mangueira (6º). Já a Estácio e a União da Ilha foram rebaixadas para o Grupo de Acesso.